Notícias

    Rio de Janeiro - Mais importante do que a capacidade de mudar o texto da Rio+20 é o estímulo às reflexões sobre as questões locais. Daí, os gestores estaduais de meio ambiente do Nordeste constituíram um fórum, para fortalea governança nas políticas voltadas ao Desenvolvimento Sustentável do bioma Caatinga, com a primeira reunião agendada para o início do segundo semestre em Mossoró (RN).

    Esses foram alguns dos destaques na fala de Paulo Henrique Lustosa, presidente do Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente do Estado do Ceará (Conpam), que apresentou, em nome de todos os gestores estaduais de meio ambiente do Nordeste, no fim da tarde de ontem, a Carta da Caatinga, no Parque dos Atletas, ao lado do Riocentro, onde se realiza a Rio + 20. Leia Mais...

    Link para original da matéria.

    Antigas casas marcam o início da colonização do Estado pelos Inhamuns, ainda no século XVIII, com a chegada da Família Feitosa na região. Algumas delas ainda resistem ao tempo. Outras, no entanto, estão completamente em ruínas.

    Após ser extinto como Município, há 39 anos, Cococi continua a despertar interesses de historiadores, paleontólogos e pessoas curiosas nos relatos da “cidada-fantasma”. Aos poucos, o mato invade os casarões antigos. Paredes não se sustentam mais à ação do tempo. No local, o catavento ainda continua erguido, mas não puxa água da mesma forma que antigamente. A praça da cidade mantém as cores vermelha e azul e a mesma estrutura, mas apenas os animais ocupam o espaço. A única igreja do local, iniciada em 1740 e concluída oito anos depois, ainda sedia a Festa da Padroeira do antigo município, Nossa Senhora da Conceição, em dezembro. Leia Mais...

    Link para original da matéria.

    © 2018 RM77.DESIGN. All Rights Reserved. Designed rm77.com.br
    Free Joomla! templates by AgeThemes