Fóssil de mastodonte é encontrado em sítio de Tauá

    Foi encontrada no município de Tauá uma peça paleontológica dos fragmentos do dente de um mastodonte. Os registros que vêm ocorrendo há cerca de cinco décadas poderão inserir a região dos Inhamuns entre os Sítios Geológicos e Paleontológicos do Brasil (Sigep), por meio da comissão brasileira destinada a estudos nessas áreas da localidade. Mesmo sem uma descrição mais detalhada da peça, o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), com sede em Crato, irá realizar identificação na localidade, onde já foram registrados diversos achados, com a constatação de sítio paleontológico, com registro de até 11 mil anos, referentes ao período quaternário da era Cenozóica. A Fundação Bernardo Feitosa, da localidade, registrou peças recentes também de uma preguiça gigante.

    O chefe do órgão federal, Artur Andrade, destaca o achado e diz que uma equipe será deslocada de Crato para realizar uma pré-avaliação do material, que até o momento ele
    conseguiu identificar apenas por uma imagem fotográfica. Segundo ele, trata-se de um animal da mesma família dos elefantes, do período Pleistoceno. Leia Mais...

    Link para original da matéria.

    © 2018 RM77.DESIGN. All Rights Reserved. Designed rm77.com.br
    Free Joomla! templates by AgeThemes