II Conferência da Caatinga

    Lançamento será transmitido pelos veículos institucionais da Assembleia Legislativa do Ceará
    Lançamento será transmitido pelos veículos institucionais da Assembleia Legislativa do CearáArte: Divulgação/ Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos da AL
     

    A Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, por meio do Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos, lança a publicação “Saberes e Viveres da Caatinga – II Conferência da Caatinga”, nesta quarta-feira (28/04), data que se comemora o Dia Nacional da Caatinga. O lançamento acontece em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente (SEMA), que realizará a entrega do prêmio Ambientalista Joaquim Feitosa, referente aos anos 2020 e 2021, dentro das comemorações da Semana da Caatinga.

    A atividade será realizada a partir das 15 horas, de forma digital, com transmissão pelo YouTube da Assembleia Legislativa, TV Assembleia, Rádio Assembleia e YouTube da SEMA. A II Conferência da Caatinga e a Feira dos Saberes e das Culturas da Caatinga aconteceram em junho de 2018, sobre o tema “Desenvolvimento Humano e Sustentabilidade” com o objetivo de trazer à luz as graves questões que preocupam governos e sociedade civil organizada em torno do bioma, com ênfase na crise hídrica, na sustentabilidade e no processo agressivo de desertificação, tendo como eixo central do Ser Humano.

    A publicação traz o registro da conferência e da feira, apresentando as experiências exitosas apresentadas por catingueiros de várias regiões do Nordeste. O conjunto das instituições e entidades envolvidas na concepção e organização da II Conferência da Caatinga (Comitê Estadual e Grupos de Trabalho) elegeu para serem analisados os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) considerados estratégicos para o Desenvolvimento Humano e Sustentável no bioma.

    O objetivo principal foi identificar nas experiências exitosas desenvolvidas na região e as estratégias para o desenvolvimento humano da população na sua convivência com o bioma, produzindo sem agredir o meio ambiente, com sustentabilidade econômica e social.

    Sobre o lançamento

    A solenidade digital desta quarta-feira, dia 28, contará com a participação do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Evandro Leitão (PDT); do secretário do Meio Ambiente do Governo do Estado e presidente do Comitê da Reserva da Biosfera da Caatinga, Artur Bruno; do presidente do Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos da ALECE, deputado Tin Gomes (PDT); do presidente da Comissão do Meio Ambiente e Desenvolvimento do Semiárido da ALECE, deputado Leonardo Pinheiro (Progressistas); do reitor da Universidade Federal do Ceará (UFC), Cândido Albuquerque; da presidente do Conselho Nacional da Reserva da Biosfera da Caatinga, Alexandrina Sobreira; e da presidente da Fundação Joaquim Feitosa, D. Dolores Feitosa.

    A II Conferência da Caatinga foi um mergulho na cultura e no fazer de um povo corajoso e criativo, que busca alternativas para prosperar em uma terra que, outrora, foi sinônimo de pobreza, mas hoje significa renovação e produtividade. Atento ao potencial e às modificações ambientais, sociais e econômicas ocorridas na região como um todo, o Parlamento cearense, em parceria com o Governo do Estado e apoio de inúmeros colaboradores, realizou a II Conferência da Caatinga e a Feira dos Saberes e das Culturas da Caatinga, no período de 19 a 21 de junho de 2018. A iniciativa agregou representações de 176 instituições públicas dos poderes executivo, legislativo e judiciário, universidades, entidades representativas da sociedade civil e dos setores produtivos com atuação no bioma Caatinga.

    A metodologia privilegiou a apresentação das experiências exitosas, a partir de ações realizadas em todo o Nordeste; as diferentes visões de um Bioma, os ODS e a Caatinga; e o balanço dos compromissos assumidos na Conferência de 2012. O relato preciso das experiências exitosas apresentadas na II Conferência da Caatinga foi distribuído em quatro eixos temáticos: Agropecuária; Meio Ambiente; Segurança Hídrica e Saneamento e Desenvolvimento Econômico e Social, que demonstram como é possível conviver e gerar postos de trabalho e renda, numa convivência sustentável, respeitando as diferentes manifestações ambientais da Caatinga.

    Feira mobilizou Conferência

    A Feira de Saberes e das Culturas da Caatinga disponibilizou aos visitantes os costumes, a culinária, a música e a dança, o artesanato e os saberes, apresentados em estandes e espaços temáticos a diferentes públicos, principalmente estudantes, curiosos em conhecer a cultura nordestina.

    Uma moção em defesa dos interesses do bioma foi lida e aprovada na cerimônia de encerramento, propondo o fortalecimento de duas das Instituições fundamentais para o bioma e para a Região Nordeste: o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) e a Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

    A realização da II Conferência da Caatinga foi da Assembleia Legislativa e Governo do Estado do Ceará por meio da Secretaria do Desenvolvimento Agrário, Instituto Agropolos, e da Secretaria do Meio Ambiente do Ceará. Contou com o apoio do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama-Superintendência do Ceará) e Banco do Nordeste, com parceria do Instituto Nordeste XXI, Fundação Bernardo Feitosa e Instituto Brasileiro de Administração para o Desenvolvimento (Ibrad), realizadores da conferência. A coordenação foi do Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos, órgão que oferece embasamento técnico-científico ao planejamento de políticas públicas do legislativo estadual cearense.

    Mas, para falar na II Conferência, é necessário resgatar informações da I Conferência, registrada na bela publicação “O Mundo da Caatinga”. Foi um debate que, pela primeira vez, se debruçou sobre um bioma exclusivamente brasileiro. A iniciativa construiu o “Pacto pelo Desenvolvimento Sustentável” e levou a “Declaração da Caatinga” para a Rio+20, em junho de 2012.

    Serviço: Lançamento da publicação “Saberes e Viveres da Caatinga – II Conferência da Caatinga: Desenvolvimento humano com sustentabilidade”. Dia 28 de abril, às 15 horas, de forma digital, pelo YouTube da TV Assembleia, Rádio Assembleia e YouTube da Secretaria do Meio Ambiente (SEMA).

    Da Assessoria de Imprensa do Conselho de Altos Estudos e Assuntos Estratégicos da AL

     

    Núcleo de Comunicação Interna da AL

    Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

    WhatsApp: 85.99147.6829

    Página: https://portaldoservidor.al.ce.gov.br/

    © 2018 RM77.DESIGN. All Rights Reserved. Designed rm77.com.br
    Free Joomla! templates by AgeThemes