No Clima da Caatinga vence prêmio da Organização das Nações Unidas

    No Clima da Caatinga vence prêmio da Organização das Nações Unidas

    O projeto No Clima da Caatinga venceu o prêmio “Experiências inovadoras para a promoção do desenvolvimento sustentável” pelo trabalho realizado em dez comunidades rurais do município de Buriti dos Montes (PI). A honraria é organizada pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e busca apoiar iniciativas que promovam o desenvolvimento sustentável em comunidades rurais dos Estados do Amazonas e do Piauí. A cerimônia de premiação aconteceu nesta quarta-feira (18/12), em Teresina (PI).

    Além da ações no Piauí, o NCC também atua com o patrocínio Petrobras em outras 30 localidades do município de Crateús (CE) e apoia a gestão e proteção da Reserva Natural Serra das Almas, uma unidade de conservação com 6.285 hectares de extensão. O trabalho inclui atividades de distribuição de tecnologias sustentáveis, de educação ambiental, de empoderamento feminino, de criação e gestão de áreas protegidas, de incentivo à pesquisas científicas e de conservação da fauna e da flora da caatinga.

    As atividades socioambientais no Piauí acontecem desde 2017 e o objetivo do projeto é desenvolver uma convivência sustentável do sertanejo com o semiárido e mitigar os efeitos potencializadores do aquecimento global através do uso sustentável de recursos do bioma; bem como sensibilizar os moradores da região sobre a importância da preservação da Caatinga.

    As atividades do NCC no Piauí abrangem oficinas de educação ambiental, pesquisa científica e distribuição de tecnologias sociais como a cisterna de placa, o forno solar, o fogão ecoeficiente, a meliponicultura, a compostagem, a gestão participativa de resíduos sólidos, coleta de sementes nativas da Caatinga e sistema de reuso de água. Estes processos estimulam a geração de renda para os sertanejos, bem como contribuem com a conservação da Caatinga.

    O NCC ainda atua na capacitação de professores da rede pública de Buriti dos Montes; a ideia é multiplicar o conhecimento sobre o bioma caatinga na sala de aula. Além disso, a equipe de educação ambiental do projeto realiza campanhas de sensibilização sobre os malefícios da caça ilegal nas comunidades da região e visita escolas para apresentar uma exposição itinerante que aborda as principais informações sobre a caatinga, de forma acessível e simples.

    O projeto também evitou a emissão de cerca de 344.000 toneladas de CO2 para a atmosfera, monitorou a restauração de 61,7 hectares de caatinga e realizou pesquisas sobre a onça-parda (Puma concolor) e o tatu-bola (Tolypeutes tricinctus), espécies ameaçadas de extinção.

    Premiações
    A partir desse trabalho de conservação, o NCC já venceu outros três prêmios: o “Objetivos de Desenvolvimento do Milênio Brasil”, em 2014; o “Dryland Champions”, também em 2014 e o “Von Martins de Sustentabilidade”, em 2015.

    Além disso, o projeto também foi finalista do Desafio Ambiental da WWF e a Fundação Banco do Brasil certificou o projeto duas vezes, em 2013 e 2015, pela disseminação das tecnologias sustentáveis de gestão de resíduos sólidos e de fogões ecoeficientes.

    O Projeto No Clima da Caatinga é realizado pela Associação Caatinga e patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental e Governo Federal.⠀

    Link da notícia clique aqui

    © 2018 RM77.DESIGN. All Rights Reserved. Designed rm77.com.br
    Free Joomla! templates by AgeThemes