Situação climática no planeta é gravíssima e Bolsonaro ajuda a piorar

    Conferência do Clima realizada em Madrid, no fim de 2019 - Foto: UNclimatechange
     
    Conferência do Clima realizada em Madrid, no fim de 2019 - Foto: UNclimatechange
     
    Pela amostra de 2019, vocês esperam que eu deseje a alguém Feliz Natal e Próspero Ano Novo? Eu, hein
     
    No dia 4 de dezembro deste trevoso ano de 2019, publiquei neste site de CartaCapital, “Uma análise sobre o papelão anunciado do governo Bolsonaro na COP 25”.

    Não deu outra. Aliás, foi pior. O País, representado pelo ministro do Meio Ambiente, Ricardinho “Playboy” Salles, não somente ouviu a recusa dos demais países em nos ajudarem injetando dinheiro naquilo que é nossa obrigação preservar, como ganhou o título de “Vilão da COP”, por ter-se alinhado com aqueles que, há anos, impedem que o Acordo de Paris decida sobre os mercados de carbono.

    A situação climática no planeta é gravíssima, mas nosso governo ajudou a mantê-la assim, ou mesmo piorá-la, até a COP 26, em Glasgow, Escócia.

    Nada a estranhar, quando num rasgo profundo de tonteira, o Regente Insano Primeiro, alerta a nação de que a TV Escola (“por esquerdista”) deseduca e Paulo Freire foi um energúmeno.
     
    Para acessar a notícia clique aqui
    © 2018 RM77.DESIGN. All Rights Reserved. Designed rm77.com.br
    Free Joomla! templates by AgeThemes